Paróquia Nª Srª da Conceição – R e a l e n g o

106 anos de Evangelização. | http://paroquiansconceicao.org.br | paroquia@paroquiansconceicao.org.br

29 de fevereiro de 2016
por Secretaria Paroquial
Comentários desativados em AVISO – Próxima Via Sacra

AVISO – Próxima Via Sacra

Informamos a todos que a próxima Via Sacra será:

PONTO DE ENCONTRO: Rua Nepomuceno com Rua Limites ( Perto da Padaria Santa Tecla)

HORARIO: As 19:30 h

Veja no mapa abaixo!!!

24 de fevereiro de 2016
por Secretaria Paroquial
Comentários desativados em AVISO – CATEQUESE

AVISO – CATEQUESE

Prezados estão abertas as inscrições para a catequese na Paróquia Nª Srª da Conceição em Realengo

Documentos Necessários:

a) Xerox da certidão de Nascimento;

b) Xerox da certidão do Batismo.

Início dos Encontros dia 30 de Abril

Maiores informações na secretaria paroquial ( de Segunda a Sexta das 8 as 17 hs)

14 de fevereiro de 2016
por admin
Comentários desativados em Horários de Missas

Horários de Missas

SEGUNDA – FEIRA : 19 hs

QUARTA – FEIRA: 19 hs

QUINTA – FEIRA: 19 hs

SEXTA – FEIRA: 19 hs

SÁBADO : 17 hs

DOMINGO: 7 h/ 9h e 18:30 hs

CASA DE ACOLHIDA (CALCUTINAS) – Terça à Sábado : 07:00 hs

7 de fevereiro de 2016
por admin
Comentários desativados em Ano Litúrgico

Ano Litúrgico

O Ano Litúrgico é o ano elaborado pela Igreja Católica para nos guiar no Mistério de Cristo, apresentando-nos as Verdades da Fé Católica, fazendo-nos meditar a respeito e, colaborando no aprofundamento desta mesma fé.
O Ano Litúrgico tem o seu início com o Tempo de preparação para o nascimento de Cristo (Tempo do Advento), seguindo com a celebração da Natividade até Sua Ressurreição e Ascenção, o dia de Pentencostes e encerrando-se com a  proclamação de  Cristo como Rei nosso, onde apresentamos também nossa expectativa da feliz Esperança e Vinda do Senhor.AnoLiturgico
Analisando o esquema  acima, verificamos que o Ano Litúrgico consta de dois ciclos, a saber:
•    Ciclo do Natal –  neste ciclo encontram-se o Tempo do Advento e o Tempo do Natal, que estende-se até a celebração do Batismo do Senhor (celebrado no domingo após a Epifania do Senhor (06/01);
•    Ciclo da Páscoa – neste ciclo encontram-se o Tempo da Quaresma, o Tríduo Pascal (quinta-feira santa, sexta-feira santa e sábado até a missa da “Noite Santa” – Vigília Pascal) e o Tempo Pascal, o qual começa no primeiro domingo da Páscoa, determinado pelo primeiro domingo de lua cheia da primavera em Roma, e encerra-se com a festa de Pentecostes.
Entre os dois ciclos citados acima, encontra-se o Tempo Comum, onde à luz do Espírito Santo,  foi assim denominado pelo Concílio Vaticano II, tendo tal Concílio iniciado-se  em 1962 sob o pontificado de João XXIII e  encerrado-se em 1965 sob o pontificado de Paulo VI.
O Tempo Comum tem como objetivo próprio despertar-nos para viver a graça recebida no Tempo festivo anterior.  Por isso a cor litúrgica é o verde, a qual simboliza a esperança de ver crescer em nós o amor de Deus, que nos santifica e nos faz ir ao encontro do Senhor Jesus, “Caminho, Verdade e Vida” (Jo 14,6)
Baseados ainda no quadro acima, verificamos que o Tempo Comum, divide-se em duas partes.  A primeira inicia-se na segunda-feira depois do domingo em que celebramos o Batismo do Senhor  e encerra-se na terça-feira antes da quarta-feira de cinzas (terça-feira de carnaval).  A segunda parte inicia-se na segunda-feira após o domingo em que celebramos o dia de Pentencostes e termina no sábado seguinte a festa de Cristo Rei. O domingo seguinte já será o  primeiro domingo do advento, o que marca o início de um novo ano liturgico.
O Concílio Vaticano II, considerando ainda, que não há tempo suficiente em apenas um ano litúrgico para serem lidos os quatro evangelhos (Mateus, Marcos, Lucas e João) em profundidade nas missas de domingo, determinou que o fizéssemos em três anos.  Assim sendo, temos os anos litúrgicos A, B e C.  No ano litúrgico A, meditamos o Mistério do Cristo à luz do evangelho de S. Mateus.  No ano B, meditamos à luz do evangelho de S. Marcos e do sexto capítulo do evangelho de S. João.  Por fim, no ano C, meditamos à luz do evangelho de S. Lucas.  O evangelho de S. João, chamado de quarto evangelho,  é lido em todos os três anos nos tempos festivos de Natal e Páscoa. Todo ano cujo número seja divisível por 3 é o ano C e os consecutivos serão o A e B.
É importante que vivenciemos o ano litúrgico, pois este tem a mesma finalidade da vinda do Senhor Jesus: dar-nos a vida eterna (“Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em plenitude” – Jo 10,10),   adquirida no momento de nosso batismo, graças a Ressurreição de Jesus,  e que cresce a medida em que vivemos o mistério do Cristo no tempo da Igreja, celebrando cada tempo litúrgico.
E como vivenciamos o ano litúrgico?  Obedecendo ao 3º. Mandamento: Guardar domingos e festas.  De acordo com o Catecismo da Igreja Católica,  “aos domingos e nos outros dias de festa de preceito, os fiéis têm a obrigação de participar da missa”.  “Satisfaz ao preceito de participar da missa quem assiste à missa celebrada segundo o rito católico no  próprio dia de festa ou à tarde do dia anterior”.
É válido lembrar que no folheto de missa, distribuído nas Igrejas para que possamos acompanhar a celebração, encontra-se no alto da primeira página, a descrição do domingo que estamos vivendo, por exemplo: 20º. Domingo do Tempo Comum ou  3º. Domingo do Tempo Pasc
al….Desta forma poderemos nos situar no calendário do Ano Litúrgico.